Destaques

Menos 22 mil ações cíveis pendentes no 2º trimestre

Novos dados publicados pela Direção-Geral da Política de Justiça sobre o 2.º trimestre, confirmam que se mantém a tendência de queda das ações cíveis pendentes.

No fim de junho de 2017, existiam 748.434 ações executivas pendentes, menos 21.897 do que no fim do primeiro trimestre de 2017.

taxa de resolução processual - que mede a capacidade do sistema lidar com a procura num determinado período - foi, no segundo trimestre, de 152,4%. Embora a taxa de resolução tenha diminuído em relação ao trimestre anterior (177,6%), o segundo trimestre é 19.º trimestre consecutivo com uma taxa superior a 100%.

Em relação ao período homólogo do ano passado, o número de ações executivas cíveis diminuiu cerca de 13,6%.

Esta redução reflete a melhoria da situação económica no país, bem como as medidas que foram implementadas para reduzir o tempo de resolução dos processos executivos.

Pode consultar esta e outras estatísticas no Partilha.justiça.gov.pt e também pode consultar o boletim do destaque estatístico trimestral publicado pela DGPJ.