Destaques

O funcionamento da Justiça em números

Relatório dá a conhecer os principais dados relativos ao funcionamento da Justiça em 2016 e em várias vertentes, desde os tribunais, à criminalidade e prisões.

Direção-Geral da Política de Justiça (DGPJ) publicou recentemente um relatório global que, através de informação estatística, dá conta do funcionamento da área da Justiça ao longo do ano de 2016. 

O documento analisa o funcionamento dos vários segmentos da Justiça, como os tribunais, os meios de resolução alternativa de litígios, os serviços de registo e notariado, a criminalidade em Portugal, as prisões, os centros tutelares educativos e outras formas de cumprimento de penas.

É de salientar que, de 2015 para 2016, o número de processos pendentes nos tribunais judiciais de primeira instância diminuiu 13,5%.

Quanto à criminalidade, o número de processos de corrupção julgados foi maior em 2016 do que nos dois anos anteriores. Além disso, também diminuiu o número de crimes de corrupção registados pelas autoridades policiais.

Pode encontrar mais destaques estatísticos sobre o funcionamento da Justiça em Partilha.justica.gov.pt.