Destaques

Justiça mais Próxima: 52 medidas concluídas em 19 meses

Maior proximidade ao cidadão, linguagem mais clara, serviços mais acessíveis e maior eficiência são objetivos deste plano de modernização da Justiça.

No final do mês de outubro, atingiu-se a marca das 52 medidas concluídas do plano Justiça mais Próxima, que arrancou em maio de 2016. Estas medidas compreenderam um investimento já executado de 3,9 milhões de euros.

Atualmente, estão em desenvolvimento 53 medidas, e está previsto que até ao final de 2019 as 150 medidas que compõem a totalidade do plano de modernização estejam concluídas e tenham atingido a sua maturidade máxima.

O Justiça mais Próxima apoia-se em quatro pilares-chave: eficiência, inovação, humanização e proximidade. O objetivo é que, em conjunto, estes elementos transformem a Justiça em Portugal, tornando-a mais humana, mais transparente e mais acessível aos cidadãos, nomeadamente através das tecnologias de informação e comunicação.

O Registo Criminal online, o Tribunal+, o Balcão Único do Prédio (BUPi) e o Justiça.gov.pt são algumas das medidas emblemáticas do Justiça mais Próxima.

Através da página justicamaisproxima.justica.gov.pt é possível aceder a uma série de indicadores que pretendem mostrar a evolução das medidas implementadas.

Para saber mais sobre a evolução do plano Justiça mais Próxima, pode consultar a análise publicada no blogue dos Serviços Digitais da Justiça.